ANUNCIO

Breaking News

Mulher e mãe são mortas a facadas dentro de casa, em Iguatu; suspeito é ex-companheiro da vítima



Uma mulher e sua mãe foram assassinadas na madrugada desta quinta-feira (20) na cidade de Iguatu, no Centro Sul do Ceará. Segundo a polícia, o suspeito do crime é o ex-companheiro e genro das vítimas, respectivamente.
Conforme a Polícia Militar, o suspeito não teria aceitado o fim do relacionamento com a mulher. Ele foi até a residência das vítimas, no Bairro Fomento, e houve confusão entre o casal.
Durante a briga, o suspeito atingiu a ex-companheira com diversas facadas. A mãe da vítima tentou ajudar a filha, mas também foi atingida pelo criminoso.
A polícia foi acionada pelo sogro do suspeito, que encontrou a filha, identificada como Patrícia Vieira da Silva, e a mulher, Maria Geneci Pereira, com os ferimentos no interior da casa. No entanto, as mulheres não resistiram e morreram no local.
A polícia realizou buscas na região, mas ainda não localizou o suspeito. Um inquérito policial foi instaurado para investigar o crime, que é tratado como feminicídio.
Morte de mulheres
O Ceará registrou, pelo menos, três assassinados de mulheres no período de um mês. No último domingo (16), uma professora foi morta a golpes de faca na cidade do Crato, Sul do Ceará. Segundo a Polícia Civil, o suspeito é o ex-companheiro da vítima, que tentou se matar após o crime.
Já no dia 19 de agosto, a professora Silvany Inácio de Souza foi assassinada com um tiro no peito durante a festa da padroeira do Crato, na Praça da Sé. O suspeito foi preso com três armas.
Os dois crimes, conforme a polícia, foram cometidos por ex-companheiros das vítimas e motivados pelo fim dos relacionamentos. Os casos são tratados como feminicídio, que é o assassinato da mulher pelas condições de ser mulher, o que inclui a violência familiar.
Conteúdo: G1 CE

Nenhum comentário